Campanha Mén Non Solidária – “Closson di Mén”- tradução (Coração de mãe) A CAMPANHHA DECORRE ATÉ O DIA 6 DE JANEIRO 2020!

Gepostet von MenNon Associação am Sonntag, 17. November 2019

Todas as semanas chegam à Portugal pessoas oriundas de S.Tomé e Príncipe que vêm tratar a sua saúde. Umas chegam ao abrigo dos acordos de saúde celebrados com Portugal, decreto nº 25 de 1977 de 3 de Março, outras vêm com um qualquer visto de estada temporária. Mas vêm, porque no nosso país não existe tratamento para os seus males!
Subjacente à vinda de muitos destes doentes, estão anos de “batalhas”, de sofrimento, enquanto aguardam a decisão do Ministério da Saúde ao pedido de junta médica, ou aguardam as verbas do Ministério das Finanças para pagamento da viagem para Portugal ou esperam por um visto, agravado muitas vezes por um processo de triagem que aponta para um processo de selecção pouco claro e ineficaz.
Já em Portugal, os parcos recursos da embaixada, associada a factores como o desenraizamento cultural, entre outros, leva a que muitas destas pessoas vivam com grandes dificuldades. Apesar dos problemas com que estes doentes (sobre) vivem em Portugal, muitos não querem regressar ao país de origem. A dificuldade em obter ou manter tratamento médico e medicamentos é a razão mais apontada para não regressar.
Ajude-nos a ajudar!
A Campanha “Closson di Mén” visa a angariação e arrecadação de donativos (produtos de primeira necessidade não perecíveis, produtos de higiene e bem estar, vestuários, brinquedos etc.) para doentes são-tomenses de junta médica em Portugal”
No ano de 2018, os donativos recebidos de empresas e particulares resultaram num total de 1015,19€. Somando este valor aos donativos de produtos de primeira necessidade não perecíveis, foi possível concluir um total de 110 cabazes.
Somos uma associação sem fins lucrativos, os donativos que recebemos são a nossa principal fonte de receita, os nossos sinceros agradecimentos!
Estamos orgulhosas e confiantes que este ano, com a vossa ajuda vamos angariar muito mais até ao fim da campanha.
Faça deste Natal o reflexo de seus valores!
O poeta Ary dos Santos escreveu que, “Natal é em Dezembro / Mas em Maio pode ser / Natal é em Setembro /É quando um homem quiser”
Doar para deixar alguém feliz, e ter nessa felicidade a recompensa. Pequenos gestos geram grandes transformações. Não podemos, nem devemos fechar os nossos olhos para a dor e carência destas pessoas. O sucesso desta campanha depende do vosso coração solidário.
Listagem de produtos que constituíram os cabazes:
Géneros alimentícios (esparguete, massas, concentrado de tomate, polpa de tomate, arroz, leite, salsichas, atum, bacalhau, feijão, grão de bico, óleo, Azeite, sal, sumos, farinha de trigo c/ ou s/ fermento, açúcar, manteiga, frutos secos, broa de natal, chocolates, papas, fraldas etc. Produtos de higiene pessoal e de beleza, brinquedos, livros, agasalhos e gorros.
Faça a sua parte! Somos todos primos.
Recebemos donativos em género ou em numerário.
Posto de entregas:
Embaixada – Dias úteis das 9:30 às 16:30
ACOSP – Dias úteis das 18:00 às 20:00
Contactos 925 742 587/mennon@hotmail.com
Nib- Mennon – 003500970000817053048
Que a mensagem de fé e esperança do Natal renove nossas forças para continuarmos lutando no Ano Novo que se anuncia.
MénNon

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *