Exposição Universo Feminino

A Mulher santomense e a arte

A 19 de Setembro, feriado nacional, comemora-se o dia da mulher Santomense, em honra às mulheres que saíram à rua nesse dia, em 1974, exigindo ao governo colonial a independência nacional e completa de São Tomé e Príncipe.

As mulheres santomenses desde sempre enfrentam desafios de diversas naturezas. Uma das áreas onde as barreiras impostas implicitamente pela sociedade, ao longo do tempo, não têm facilitado a entrada das mulheres é a arte.

Ao longo dos anos têm sido díspares a relação entre o número de artistas masculinos e femininos, sendo que os primeiros apresentam-nos mais nomes e produção. Seria pertinente identificar as barreiras que, ao longo da história, afastam ou afastaram a mulher ilhoa da arte. Reconhecemos, porém, que as mulheres são-tomenses têm vindo a assumir um lugar cada vez mais efectivo neste domínio, embora as questões de paridade ainda não estejam aqui consolidadas. Nesta exposição comemorativa dos 10 anos de existência da Mén Non, fazemos por consolidar este espaço, ainda tão pouco partilhado pelo feminino e estendemos a todos esta partilha.

O objectivo principal desta exposição é reunir um conjunto de mulheres artistas plásticas ou visuais que podem despertar o interesse das mulheres santomenses a olharem para as artes como um instrumento revelador do seu pensamento e produzirem cada vez mais nas sociedades em que estão integradas.

A arte pode fazê las mais livremente construírem um ambiente fértil em que a criatividade constitui um factor importante para a criação de soluções de diversos problemas que em muitas circunstância não conseguem resolver.

Trazer mais mulheres para o mundo das artes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *